Resenha de Swag, Cambria Hebert
Resenha de Séries: Eyewitness
Resenha de Seduzida Por Um Guerreiro Escocês, Maya Banks




4 de maio de 2016

Resenha: Prenda-me, Japonês da Federal, de Renata Del Anjo




Prenda-me, Japonês da Federal
Autora: Renata Del Anjo
Gênero: Erótico
Páginas: 8
Sinopse: O Japonês da Federal veio me pegar de manhã cedo, mas em vez de me levar para a cadeia, ele me levou ao paraíso. Uma fantasia de amor com o policial mais famoso da Operação Lava-Jato! 

Clique AQUI para comprar ou ler gratuitamente pelo Kindle Unlimited

Prenda-me, Japonês da Federal é um conto curtinho da autora Renata Del Anjo, que conta sobre a fantasia erótica da esposa de um dos acusados na Operação Lava Jato - operação que investiga um grande esquema de lavagem e desvio de dinheiro, envolvendo a Petrobrás e outras grandes empreiteiras. 





Gente, foi assim. Eu tinha acabado de assinar o mês grátis do Kindle Unlimited e resolvi dar aquela zapeada rápida antes de dormir. Claro que quando eu passei por esse título não teve como ignorá-lo. O jornal tinha acabado de terminar e a Operação Lava Jato foi um dos destaques e sinceramente, foi muito bacana encontrar uma autora que escolheu um tema atual tão grave e colocado um pouco de leveza ali. Então eu resolvi ler.

A personagem principal, que não tem o nome citado, é esposa de um empreiteiro acusado na Operação Lava Jato e fica felicíssima em vê-lo ser preso, pois já tinha em mente pedir o divórcio e agora tinha uma razão mais substancial para isso. Porém, não contava que, pouco depois de se ver livre dele, seria arrebatada pela luxúria, quando o Japonês da Federal a arrastar de sua mansão como uma meliante e a levar a um lugar muito diferente da prisão; ao paraíso.

"Fiquei presa com os braços abertos na cama. Sem nenhuma delicadeza, ele tirou o meu robe. Eu estava presa e nua, totalmente a mercê daquele japonês tarado."

Como vocês viram na quantidade de páginas, o conto acaba em um piscar de olhos e é cômico para não ser trágico. O Japonês da Federal virou popstar depois das marchinhas e fantasias de carnaval dedicadas a ele, já que, sempre que um grande acusado da operação é preso, lá está o japonês da federal, com seus óculos escuros e cara de poucos amigos.

Tendo visto o Japonês, é muito desconfortável e engraçado imaginar aquele senhor como foi descrito pelas palavras da Renata, dominador, cheio de luxúria, aproveitando da prisão de Marcelo, marido da personagem principal, para levá-la ao paraíso. Eu ri demais do começo ao fim, infelizmente, visualizando o desenrolar do conto e o final foi clichê, porém, imagino que o conto tinha o intuito de ser divertido e despretensioso, então foi nisso que eu me agarrei durante a leitura.

"- O seu crime foi ter roubado o meu coração! Eu sou louco por você, eu te amo!
Ouvir aquilo foi como música para meus ouvidos. Me fez derreter."

Não posso contar muito mais, para não dar spoiler, mas apesar de claramente ter sido escrito para te fisgar pelo estranhamento, ao menos quando você vir uma nova reportagem sobre a Lava Jato e encarar o Japonês da Federal, a indignação vai vir muitos risos!

Avaliação: ★,5
Beijos!
Aline Azevedo

0 comentários:

Postar um comentário

 
♥ Theme por Yara Lima, do Dear Maidy, exclusivo para Romantic lit © 2015 • Todos os direitos reservados • Topo